O curso é um desdobramento de Música, História e Ciências Sociais, oferecido no primeiro semestre de 2016. Lá, procurou-se montar um panorama – não-exaustivo, evidentemente – de algumas contribuições que as humanidades teriam a oferecer à Musicologia. Aqui busca-se aprofundar o estudo por meio do foco em algumas contribuições específicas, tentando explorar mais a fundo os pressupostos, pontos de contato e atrito e as consequências da opção por determinados caminhos dentro daquele campo mais amplo.

 

Leituras para o curso:

Antoine Hennion:

 

Tia DeNora – After Adorno: rethinking music sociology

Textos diversos para esse bloco

Outras leituras:

Norbert Elias – Mozart – Sociologia de um gênio

Theodor W. Adorno – Introdução à Sociologia da Música

Pierre Bourdieu – As Regras da Arte

Pierre Bourdieu – O Costureiro e sua Grife

Howard Becker – Mundos Artísticos e Tipos Sociais

Howard Becker – O músico de casa noturna

Clifford Geertz – Uma Descrição Densa

James Clifford – Sobre a Autoridade Etnográfica

Carlo Ginzburg – Sinais: raízes de um paradigma indiciário

Robert Darnton – Histórias que os camponeses contam: o significado de Mamãe Ganso

Quentin Skinner –  Visions of Politics 1, Regarding Method (clique aqui para a tradução portuguesa)

Robert Walser – Out of Notes: Signification, Interpretation, and the Problem of Miles Davis

Erich Auerbach – Farinata e Cavalcante

Antoine Hennion – The History of Art – Lessons in Mediation

Antoine Hennion – Pragmática do Gosto

Bruno Latour – Factures/fractures: from the concept of network to the concept of attachment

 

ATENÇÃO: Esses textos foram encontrados na Internet e são disponibilizados aqui com finalidade estritamente didática. Sugiro que comprem os livros assim que possível, inclusive como forma de montarem suas bibliotecas pessoais.