O curso se divide em duas unidades, cada uma concentrando-se na contribuição de um dos autores supracitados. Na primeira, serão lidos textos diversos do legado de Pierre Bourdieu, buscando dar conta de temas como as relações entre campo e habitus, poder simbólico e as diversas formas de capital. Na segunda unidade, concentraremo-nos no livro Mundos da Arte (Art Worlds, no original), de Howard Becker, no qual o autor desenvolve e desdobra a ideia de tratar a arte como um fenômeno intrinsecamente coletivo.
Pretende-se, por meio das leituras e discussão em sala de aula, estudar as especificidades das contribuições desses dois autores, investigando-lhes pressupostos, apontando-lhes os limites e explorando potencialidades mais significativas para o estudo da música e fenômenos relacionados no espaço social.
O curso será compartilhado pelos professores Frederico Barros e José Alberto Salgado.


Planejamento:

 

09/08: Apresentação do curso

16/08: O Costureiro e sua Grife

23/08: Razões Práticas – Prefácio(s) e cap. 1

30/08: Razões Práticas – cap. 2 + o filme A Sociologia é uma Arte Marcial

06/09: Aula no IFCS – textos de Antoine Hennion

13/09: Razões Práticas – cap. 3

20/09: Razões Práticas – cap. 6

27/09: Aula no IFCS – textos de Tia DeNora

04/10: Habitus e campo/poder simbólico/forms of capital

11/10: Leituras de Art Worlds, de Howard Becker – a definir

18/10:

25/10:

01/11:

08/11:

(15/11) – feriado

22/11:

29/11: encerramento do curso

 

Textos para leitura e discussão:

Pierre Bourdieu

Howard S. Becker:

Textos para as aulas conjuntas com o curso Antropologia da Música: